Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Historial da escola

por Helder Robalo, em 23.11.06
Ora aqui está uma coisa que eu desconhecia por completo. O texto foi retirado da página da escola de Aldeia de Santa Margarida que, além de muitas outras coisas bastante interessantes, têm este excelente historial da escola da nossa aldeia. Os meus parabéns aos autores deste texto, pois, também eles, ao efectuarem trabalhos deste género, muito contribuem para um melhor conhecimento do passado da nossa terra.


Segundo um documento arquivado no estabelecimento, já existiria escola em Aldeia de Santa Margarida no ano de 1904. Não temos a certeza se funcionaria no mesmo local ou num outro edifício, talvez na mesma rua. Não há registos em documentos ou em placa afixada nas paredes que nos indique o ano de construção, porém o actual edifício já estava a funcionar em 1941.

Até ao 25 de Abril de 1974 funcionou a "escola masculina" e a "escola feminina". Os alunos estavam separados por salas (com saído própria para as traseiras), mas juntavam-se no intervalo, já que o pátio não estava dividido. Noutro edifício da mesma rua (onde é hoje a Junta, a cerca de 70 m de distância) funcionou ainda a "escola mista", no tempo em que as crianças eram em elevado número (anos cinquenta e sessenta).

Em 1964 a escola não tinha ainda instalações sanitárias, nem água canalizada e em 1968 ainda não estava ligada à rede de instalação eléctrica.

Em 1964 o edifício estaria em muito mau estado de conservação, a precisar de "reconstrução total", na opinião dos docentes da altura.

Em 1980 volta a haver referência à necessidade de grandes reparações. Como o edifício se encontra actualmente em razoável estado de conservação (tendo já janelas novas em alumínio), tudo indica que o edifício tenha, ao longo dos anos, sofrido obras, que embora tenham mantido a sua bonita traça original, o tornarammais moderno e adaptado às realidades actuais.

A escola teve a funcionar, durante muitos anos, uma cantina escolar que servia uma refeição completa (almoço) a todas as crianças em idade escolar.

Funcionava em edifício próprio, cedido gratuitamente pela Sr.ª D. Bernardette Sarafana, que para além de emprestar duas casas (uma servia de arrecadação para a lenha e na outra eram confeccionadas e servidas as refeições), ainda dava anualmente à cantina 50 litros de azeite. As refeições eram confeccionados, ao lume em grandes panelas de ferro, pela empregada da escola, que não tinha qualquer ajudante.

A Cantina começou a funcionar no dia 12 de Fevereiro do ano de 1949, tendo sido inaugurada, com uma grande festa aberta à população, no dia 20 de Fevereiro de 1949. No jornal "Beira Baixa" terá saído uma notícia sobre a inauguração. Começou por servir apenas uma sopa diária e inicialmente não recebia quaisquer ajudas oficiais. Por isso, nos primeiros anos, e por falta de verba, funcionava apenas a partir do mês de Fevereiro. No ano lectivo de 1951 serviu 7650 refeições anuais, em 1959/60 serviu 7392; em 1960/61 serviu 7896; em 1975/76 foram servidas 8480 refeições! No ano de 1953 servia 104 refeições diárias!

Passaram pela escola um grande número de docentes, na sua maioria mulheres, mas também aqui estiveram alguns homens; um deles esteve aqui efectivo muitos anos. Durante anos a escola manteve 2 lugares docentes e na década de noventa passou a ser de lugar único (com as 4 classes reunidas na mesma turma).

Ao observar atentamente a documentação da escola verificamos que a evolução da matrícula dos alunos espelha, de certo modo, o envelhecimento crescente da população do interior do país.

Assim, no final da década de quarenta e princípio dos anos cinquenta havia perto de 100 alunos (e três lugares docentes); no final da década de cinquenta baixou para perto de 80; nos anos sessenta reduziu para cerca de 60 alunos; nos anos setenta baixou para dois lugares, com um número de alunos entre os 30 e os 40; nos anos oitenta mantiveram-se os dois lugares com 20 a 30 alunos; nos anos noventa reduziu a um lugar com 10 a 20 alunos e na primeira década de 2000 baixou o número de alunos para menos de 10.

Actualmente, a escola encontra-se em risco de ser suspensa, uma vez que o número de alunos está muito abaixo do considerado ideal para o funcionamento de uma instituição escolar.

Num período de 50 anos, a população escolar da Aldeia reduziu 95%. Nas décadas de cinquenta e sessenta houve uma redução média de 20 alunos por década; a partir daí estabilizou na redução média de 10 alunos por década. Há que meditar sobre estes dados e quem de direito repense políticas no sentido de inverter urgentemente e tendência!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:11



Mais sobre mim


Junta de Freguesia de Aldeia de Santa Margarida

http://www.jf-aldeiastamargarida.pt/

Hino de Aldeia de Santa Margarida


Calendário

Novembro 2006

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Números Úteis

Junta de Freguesia
277 313 545

Centro de Saúde
277 313 293

Paróquia
277 937 200

Liga dos Amigos de ASM
277 107 416
931 117 116 (João Camejo)

Centro de Dia de ASM
277 313 122

Associação de Caçadores de ASM
964 555 898 (José Francisco Prudente)

Grupo de Cantares de ASM
965 464 190 (Zélia Curto)
277 313 545 (Tlf. da Junta de Freguesia)

Os Tapori a Bombar - Grupo de Bombos de ASM
919 820 154 (Samuel Pereira)
964 148 017 (Ricardo Barroso)
ostaporiabombar@gmail.com

Pirotécnica Beirense
277 313 478
962 935 544

GNR de Idanha-a-Nova
277 202 128

Bombeiros de Idanha-a-Nova
277 202 456



Ver Estatísticas