Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Blogagem Colectiva da Aldeia da Minha Vida

por Helder Robalo, em 09.06.09

Fragmentos

 

E, aldeia engalanada, sai a procissão para a rua, que se faz tarde. Veste-se o melhor fato, passa-se a escova pelos sapatos, camisa nova, vestido a estrear, cabelo arranjado e ala que está na hora. O dia é de festa, a aldeia vê chegar os seus filhos "estrangeiros" e, por momentos, parece que naquelas ruas se voltou ao antigamente. Não fora a quantidade imensa de carros, de matrículas portuguesas, francesas, luxemburguesas e até alemãs, e parecia ter-se voltado 50 anos atrás. Bandos de crianças correm pelas ruas, a alegria dos petizes ecoam pela calçada... Que alegria. As velhotas com suas doces rugas bem vincadas no rosto e um sorriso de orelha a orelha... "'lher lá, aquele ali é mê neto mai novo". E o petiz, célere, corre para o regaço da avó, escondendo-se tímido, enquanto espreita, olho matreiro, por detrás da mãozinha pequenina, para aquela senhora vestida de negro que conversa com a avozinha.

 

Ao fundo já se ouvem os primeiros acordes da banda, o bombo e os pratos, o trombone e o clarinete... É dia de festa e a aldeia está engalanada, flores espalhadas pelo chão das ruas onde, daqui pouco, há-de passar a procissão. Lá dentro, na igreja, os lugares são cada vez menos. "Olha, a filha de fulana este ano também veio", sussurra-se numa audível conversa. Adeus daqui para acolá, um beijo atirada com enormes dificuldades em voar até duas filas atrás tal o peso da saudade que leva nas asas. E o padre que entra, o bandolim que começa a ecoar pela igreja, o coro, com o seu tão tradicional sotaque beirão, "Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo"... Aqui e ali um bichanar um bocado mais alto, um pigarrear a ver a conversa acaba, um "Santo, Santo, Santo" que se canta e uma hóstia que se vai tomar. E o aviso do costume: "pede-se a todos os que queiram colaborar com os andores o favor de chegarem ao altar". "Oh Manel, anda cá que falta um p'ra levar o Santo António"... E começa a disputa do costume. A canalha, implacável, e esperta, luta para levar a sua bandeirinha. Que bandeirinha carregada na procissão é garantia de mimos extra e atenção redobrada dos avós, babados, orgulhosos dos seus meninos. "Já viste o calor que estava e ele portou-se sempre tão direitinho?". Malandros estes petizes...

 

O almoço, esse, é sempre reforçado. Junta-se a família, os primos e tios com quem se está uma duas vezes por ano, contam-se estórias, discutem-se problemas e, mais cedo ou mais tarde, adoça-se o repasto com as estórias do antigamente, de quando a mãe e o pai e o tio eram pequenos. Estórias que, é garantido, dão direito a gargalhadas bem audíveis!
No café já não há espaço para mais ninguém. Está cheio, como de costume. No "domingo da festa" é sempre assim. Parece que toda a gente se junta ali e que não há mais cafés na aldeia. Abraços apertados de amigos de longa data. Alguns já não se viam há mais de dez anos. "Sabes como é, desde que morreram os meus pais a vontade de cá vir é pouca... Mas agora, como arranjamos a casita, é sempre mais fácil..." E as horas passam, velozes, quase sem se dar por elas... E, quando se dá por conta, já é hora de ir embora, voltar a fazer as malas, guardar as recordações e aconchegar as saudades que já se começam a sentir. Uma lágrima no olho, matreira, que se tenta esconder para que ninguém veja... e um adeus difícil. Sempre difícil dizer adeus...

 

Quando é que é Agosto outra vez?

Helder Robalo


Participação no concurso Blogagem Colectiva da Aldeia da Minha Vida. Para votar neste texto, ou em qualquer outro participante, deverá fazê-lo no endereço para o qual se remete, com a seguinte fórmula: Eu voto no texto chamado (...) da autoria de (...). assinado (Identificação do votante: Nome e Blogue ou e-mail)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 15:33


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Once a 09.06.2009 às 16:05

.. delicioso.

:))

(acreditas que só hoje é que percebi onde estavam os comentários? .. nossa ..!)

Imagem de perfil

De Helder Robalo a 09.06.2009 às 16:16

Obrigado Once :)

É a habituação ao novo aspecto ;)
Imagem de perfil

De aldeiashistoricasdeportugal a 09.06.2009 às 18:36

Olá Helder!

Como a Catarina disse, e muito bem, o seu texto é delicioso!
Fez-me recordar as festas da minha terra, que por sinal são bem parecidas. É o simples ambiente festivo das nossas aldeias, tão caloroso e próximo.

Parabéns pela postagem!

Quero ainda acrescentar que a blogagem colectiva decorre no :

www.aldeiadaminhavida.blogspot.com

E ainda informo que:
A votação começa amanhã, dia 10 e acaba dia 28 de Junho no blogue da aldeia da minha vida.

Vamos ter bastente tempo para ler e reler todos os textos, para depois escolheremos o melhor, não é verdade?

Bjs Susana
Sem imagem de perfil

De Castela (Portugal Notável) a 14.06.2009 às 03:10

Amigo Hélder
Tem aqui um belo blog de divulgação de Santa Margarida.
É bom sabermos que estamos colectivamente a participar na blogagem colectiva “A Aldeia da Minha Vida” e assim a contribuir para a divulgação do nosso País.
Parabéns pelo seu texto.
A partir de agora estarei atento ao seu blog.
Um abração
Castela
Sem imagem de perfil

De Cidalia a 24.11.2011 às 09:27

Obrigada, por me proporcionares uma viagem no tempo, para o tempo da minha meninice.
A agradeço também a todos, os que se envolvem por forma a não deixar adormecer a nossa terra, as nossas raízes , as nossas tradições .

Comentar post



Mais sobre mim


Junta de Freguesia de Aldeia de Santa Margarida

http://www.jf-aldeiastamargarida.pt/

Hino de Aldeia de Santa Margarida


Calendário

Junho 2009

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Números Úteis

Junta de Freguesia
277 313 545

Centro de Saúde
277 313 293

Paróquia
277 937 200

Liga dos Amigos de ASM
277 107 416
931 117 116 (João Camejo)

Centro de Dia de ASM
277 313 122

Associação de Caçadores de ASM
964 555 898 (José Francisco Prudente)

Grupo de Cantares de ASM
965 464 190 (Zélia Curto)
277 313 545 (Tlf. da Junta de Freguesia)

Os Tapori a Bombar - Grupo de Bombos de ASM
919 820 154 (Samuel Pereira)
964 148 017 (Ricardo Barroso)
ostaporiabombar@gmail.com

Pirotécnica Beirense
277 313 478
962 935 544

GNR de Idanha-a-Nova
277 202 128

Bombeiros de Idanha-a-Nova
277 202 456



Ver Estatísticas