Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Vocabulário tradicional - XXIV

por Helder Robalo, em 14.01.10

Agora já nem tanto, mas antigamente era bastante usual na nossa aldeia cada família ter o seu bacoro ou bacro. É que criando este animal, o bacreiro - o homem que guardava os bacros - e a sua família tinham sempre garantidos alguns mantimentos, como chouriços, farinheiras, morcelas, presunto, toucinho e várias outras carnes do porco - ou bacoro - que podiam assim servir de sustento ao agregado familiar.


Agora, com o desenvolvimento dos tempos, o aparecimento das grandes superfícies e a facilidade de transporte de um lado para o outro, já são raros os que ainda têm o seu bacoro. É claro que nem sempre a carne comprada no supermercado ou no talho tem o mesmo sabor daquela que era criada tradicionalmente. Mas, claro, é muito mais fácil assim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:20


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.01.2010 às 22:57

Existe uma expressão que ficou até hoje na minha memória e que ouvia sempre que ia passar férias à minha aldeia (que não fica distante da Aldeia de Sta Margarida). Sempre que nos cruzávamos com alguém na rua ouviamos uma saudação que dizia: "Nosso Senhor nos guarde"
Abraço
Soly
Sem imagem de perfil

De aldeia rural serra da freita a 21.01.2010 às 09:15

Esta e a minha aldeia, mas nao tem tantas visitas uma coisa mais soft ;)

Comentar post



Mais sobre mim


Junta de Freguesia de Aldeia de Santa Margarida

http://www.jf-aldeiastamargarida.pt/

Hino de Aldeia de Santa Margarida


Calendário

Janeiro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Números Úteis

Junta de Freguesia
277 313 545

Centro de Saúde
277 313 293

Paróquia
277 937 200

Liga dos Amigos de ASM
277 107 416
931 117 116 (João Camejo)

Centro de Dia de ASM
277 313 122

Associação de Caçadores de ASM
964 555 898 (José Francisco Prudente)

Grupo de Cantares de ASM
965 464 190 (Zélia Curto)
277 313 545 (Tlf. da Junta de Freguesia)

Os Tapori a Bombar - Grupo de Bombos de ASM
919 820 154 (Samuel Pereira)
964 148 017 (Ricardo Barroso)
ostaporiabombar@gmail.com

Pirotécnica Beirense
277 313 478
962 935 544

GNR de Idanha-a-Nova
277 202 128

Bombeiros de Idanha-a-Nova
277 202 456



Ver Estatísticas