Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fotos do passeio pedestre

por Helder Robalo, em 30.11.08
Este é um passeio difícil de descrever e como uma imagem vale mais do que mil palavras, deixo aqui várias fotos dos participantes e das paisagens e ainda 2 panoramas que ilustram bem as fantásticas paisagens que a nossa aldeia tem.
O passeio começou às 9:15 com, não fosse este a "Rota dos Fogueteiros", uma alvorada de foguetes. Terminou por volta das 11:30 junto ao salão multiusos, onde se viria a almoçar. Afinal, o percurso tinha 13 quilómetros e não 20, como foi anunciado.
Não posso deixar de elogiar o fantástico convívio que as pessoas de Aldeia de Santa Margarida fazem, onde quer que vão e ainda uma frase que o Ti' Luís Caria (presidente da junta) disse antes de partirmos: "Deus fez a Natureza, para ser apreciada e o Homem, para a apreciar".


Panoramas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:53

Furacão F3 passa na nossa aldeia em 1954

por Helder Robalo, em 27.11.08
Uma vez mais o Sr. António Camejo, na página de Aldeia de Santa Margarida no GoogleGroups, deixou um grande relato do único furacão de categoria F3 em Portugal. Antes mesmo de começarem a ler o que o nosso amigo António escreveu, visitem esta página, esta e ainda esta.

Vejam agora o que esta enorme força da natureza fez ainda, quando chegou a Aldeia de Santa Margarida, a cerca de 30 quilómetros de distância de Castelo Branco.

"Estavamos nós na escola (onde hoje é a Junta, pois nós tínhamos passado para aí depois de estarmos numa casa que era do Tio Zé Caria, na rua do Poço Concelho). E era um dia de inverno muito rigoroso, "eram muitos violentos os Invernos", quando de repente se torna o céu muito escuro, e começam os gritos na Aldeia. Saímos todos para a rua e, vem a notícia de que tinha passado um TUFÃO pelos BARROS (entre Aldeia e a Mata da Rainha). Já pela noite soube-se que o Pé de Vento tinha passado pelo Cabanal e tinha morto umas 50 ovelhas ao tio ZÉ PIRES. Dias mais tarde soube-se que tinha feito muitos destroços por toda a Beira Baixa, mesmo no quartel de Castelo Branco. Isto tudo se passa em 1954."

Acrescento ainda que, segundo os meus avós, os ventos eram tão fortes que na zona do Barracão arrancaram várias árvores e ainda uma das maiores sobreiras que por ali estavam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:14

Três anos a divulgar a nossa Aldeia

por Helder Robalo, em 25.11.08
A 25 de Novembro de 2005, há três anos atrás, chegava à internet uma nova página sobre Aldeia de Santa Margarida. Uma página que se pretendia simples e que servisse para ir dando a conhecer um pouco mais esta pequena aldeia beirã situada no concelho de Idanha-a-Nova.

Confesso que, três anos passados, nunca pensei que tanto se fizesse e tão longe se chegasse. O espaço que hoje existe é bem diferente daquele que inicialmente idealizei. De um simples espaço de divulgação da nossa aldeia acabou por se chegar a quase um jornal online da freguesia. Aqui se relata de tudo um pouco que se considere relevante para quem, à distância, visita virtualmente a Aldeia de Santa Margarida. O espaço está diferente, mas, para mim, está bem melhor.

De uma simples página que pretendia ser um complemento ao site da aldeia resultou quase uma espécie de jornal, onde se procura relatar atempadamente acontecimentos agendados ou onde se descrevem outros que já se realizaram. Daqui resultou também uma página na Wikipédia, que se tem vindo a construir aos poucos, podendo ser uma boa ajuda para quem pretenda conhecer mais um bocado desta freguesia. E que se desdobrou já em várias outras, desde a do Grupo de Cantares à dos vários edifícios do nosso património. Páginas que, aos poucos, têm vindo a crescer. Ao ritmo das descobertas que se vão fazendo e do tempo disponível.

À missão que inicialmente comecei por a levar a cabo sozinho juntou-se o David Martins, que tem sido uma preciosa ajuda na dinamização do espaço. Tem sido graças a ele que, muitas vezes, conseguimos ter em primeira mão acontecimentos que, não raras vezes, passavam despercebidos à esmagadora maioria de nós ou dos quais só tínhamos conhecimento muito tempo depois. Ao David um enorme bem haja pela sua ajuda.

Entretanto, o passa-a-palavra começou a funcionar cada vez melhor e à divulgação que nós próprios íamos conseguindo fazer juntou-se o carinho que nos tem sido dispensado sistematicamente pelos responsáveis do jornal Raiano e que, por diversas vezes, têm divulgado este espaço e os vários acontecimentos aqui relatados. A eles, e em especial ao padre Luís Bernardo, o meu grande e reconhecido bem haja.

O reflexo de que, três anos depois, esta página tem cumprido o principal objectivo que para ela delineei constata-se de forma simples. No último ano, sobretudo, já "estabelecemos" contacto com três conterrâneos nossos. O Robalo Alves em Macau, o Luís Curto Dias, no Brasil, e o António Camejo que, como o próprio nos disse, está "algures em Espanha". A estes três nossos conterrâneos um bem haja especial, também, pelas visitas e pelas histórias que nos têm enviado.

Um bem haja também ao Samuel Pereira que, nos últimos tempos, tem sido uma preciosa ajuda, sobretudo, na divulgação d'Os Tapori a Bombar. Um auxílio que, tenho a certeza, não irá ficar por aqui.

Um bem haja ainda à minha irmã, a Inês Robalo, que tem também contribuído com fotografias e algumas informações pertinentes. Um beijo miúda.

Um grande e sentido bem haja a todos vós que, ao longo dos anos, nos têm visitado diariamente, que têm passado por esta casa, mais ou menos silenciosamente, mas sempre atentos. Mais de 24500 visitas assinala o contador ali em baixo. É para vós, para todos vós, que este espaço foi construído. É para todos vós que ele existe.

Resta-me deixar a certeza, para finalizar, que este espaço não vai ficar por aqui. A certeza que, a cada dia, e sempre que possível, esta página irá crescer. Com mais e melhor informação. Assim tenha eu forças e vocês me auxiliem.

Um enorme bem haja a todos!

Helder Robalo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:14

"O primo Manel está preso"

por Helder Robalo, em 24.11.08
O nosso conterrâneo António Camejo, através da nossa página no Google Groups, fez-nos chegar esta história engraçada:

Estávamos no ano de 1958, e, como sempre no Sábado de Ressurreição, os sinos começavam a tocar no campanário da nossa aldeia. Soavam todo o dia e toda a noite, incomodando algumas pessoas que não gostavam dessa tradição.
E, vai de lá, um dos vizinhos (rico), chamou a GNR (creio que do Pedrogão), e prenderam o PRIMO MANEL E O TIO ZÉ PRETO, que eram os que permaneceram, junto Campanário. E, lá tive que ir a correr para as Sesmarias avisar a tia, que o Primo Manel estava preso.
Não passou tudo de um susto, pois a filosofia e a graça, desse homem muito bom que era o TI ZÉ PRETO, levou que a GNR a "arquivar" a queixa e beber uns copos com os réus.

Histórias como esta são sempre engraçadas e trazem, a muitos, recordações saborosas. Ficamos à espera de mais pessoas que se lembrem de factos assim e nos enviem. Quer para o e-mail, quer colocando o texto na página do Google Groups

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:12

Ano Jubilar

por Helder Robalo, em 21.11.08
Também no jornal Raiano, é referido que "as comemorações jubilares da nossa igreja matriz que foi construída em 1708, conforme nos indica a inscrição lapidar da sua porta lateral, estão prestes a ser encerradas solenemente. Já foi combinada a data da celebração eucarística com o novo bispo, D. Antonino Eugénio Fernandes Dias, apontando na sua agenda o último sábado de Dezembro, dia 27, às 12 horas. Brevemente vão reunir novamente o Conselho Económico e os representantes das diversas instituições e associações da freguesia para organizar a grande festa do Jubileu. A nossa Aldeia deve sentir-se muito honrada pelos 300 anos da sua Igreja Matriz e certamente irá marcar presença activa no solene encerramento das suas comemorações".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:38

Festa dos finalistas

por Helder Robalo, em 21.11.08
Ainda na publicação de dia 13 de Novembro, saiu uma pequena anotação, sobre a festa levada a cabo por 7, dos 21 finalistas da Escola EB 2,3/S. José Silvestre Ribeiro de Idanha-a-Nova, 3 dos quais da nossa terra.

* Basta clicar sobre a imagem para ver a noticia com mais pormenor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 15:50

"Os Tapori a Bombar" no Raiano

por Helder Robalo, em 20.11.08
Saiu também no jornal Raiano uma noticia referente à primeira actuação pública d'Os Tapori a Bombar.


* Basta clicar sobre a imagem para ver a noticia com mais pormenor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:38

Prémio Dardos - II

por Helder Robalo, em 20.11.08
Deixo aqui uma noticia que saí no jornal Raiano, na publicação de 13 de Novembro de 2008.


* Basta clicar sobre a imagem para ver a noticia com mais pormenor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:30

Percurso Pedestre dos Fogueteiros - III

por Helder Robalo, em 13.11.08
Soube hoje que este percurso foi, então, adiado para Domingo, dia 30 de Novembro.

Tudo o resto mantém-se como já fora aqui e aqui anunciado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:58

Preparação da catequese

por Helder Robalo, em 10.11.08
Também do jornal Raiano, retiro esta notícia [atrasada]:

"Desde meados de Setembro que se reuniram os pais, crianças e catequistas com o pároco para se reorganizar a Catequese do novo ano 2008/2009.
Acertou-se constituir três grupos: primeiro, terceiro e sextos anos de catequese, que não coincidem com os da escola. Marcaram-se dois dias, com duas horas de formação para pais e catequistas nos sábados, 18 e 25 de Outubro, das 15 às 17. O início da catequese, marcada para 12 de Outubro foi adiada para o domingo seguinte."

A todos os votos de uma boa formação e um bom ano de catequese!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 12:14

Pág. 1/2



Mais sobre mim


Junta de Freguesia de Aldeia de Santa Margarida

http://www.jf-aldeiastamargarida.pt/

Hino de Aldeia de Santa Margarida


Calendário

Novembro 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Links

A nossa origem

  •  
  •  
  • O outro site

  •  
  •  
  • ASM nas redes sociais

  •  
  •  
  • ASM também aqui

  •  
  •  
  • Terras e sítios amigos

  •  
  •  
  • Notícias da Região


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2008
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2007
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2006
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2005
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D





    Números Úteis

    Junta de Freguesia
    277 313 545

    Centro de Saúde
    277 313 293

    Paróquia
    277 937 200

    Liga dos Amigos de ASM
    277 107 416
    931 117 116 (João Camejo)

    Centro de Dia de ASM
    277 313 122

    Associação de Caçadores de ASM
    964 555 898 (José Francisco Prudente)

    Grupo de Cantares de ASM
    965 464 190 (Zélia Curto)
    277 313 545 (Tlf. da Junta de Freguesia)

    Os Tapori a Bombar - Grupo de Bombos de ASM
    919 820 154 (Samuel Pereira)
    964 148 017 (Ricardo Barroso)
    ostaporiabombar@gmail.com

    Pirotécnica Beirense
    277 313 478
    962 935 544

    GNR de Idanha-a-Nova
    277 202 128

    Bombeiros de Idanha-a-Nova
    277 202 456



    Ver Estatísticas