Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Púlpito da capela de Santo António

por Helder Robalo, em 13.06.08
Ontem, na animação toda das fogueiras e da sardinhada, alguém pediu a chave da capela para que se pudesse entrar e ver como ficou depois de pintada. Entretanto começou a gerar-se alguma confusão associada à data gravada no púlpito, pois a capela não foi construída nessa data (1695).
Então, quando alguém disse "mas a capela não existia antes da igreja!", tive a ideia de colocar aqui uma série de perguntas com o objectivo de todos os visitantes deste blogue dêem a sua teoria, para isso basta fazer um simples comentário.

Cá vão as perguntas:

1- Qual a explicação para que esse púlpito tenha gravada uma data tão antiga?
2- Se a capela não foi construída em 1695 (data do púlpito) de onde terá vindo o púlpito?
3- Quais os povos que estariam por cá nesse tempo (séc. XVII)?

Espero que todos possam dar a sua opinião. Obrigado!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:13


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Helder Robalo a 13.06.2008 às 12:58

Oh meu caro David, antes de mais, respondendo à terceira questão, sei-te dizer que em 1695 reinava D. Pedro II (faleceu a 09.Dezembro.1706), filho de D. João IV, primeiro rei da Dinastia de Bragança, e de Dona Luísa de Gusmão.

Em termos de ocupação, não estava ninguém de especial, para lá dos portugueses. O reinado de D. Pedro II serviu para consolidar as relações com Inglaterra e Espanha, esta depois de ter abandonado Portugal a 1 de Dezembro de 1640.

Quanto à primeira e segunda questões, não te sei dizer. Avanço a possibilidade de o púlpito pertencer uma antiga capela ou ermida e, depois de destruída, ter sido recuperado e colocado nesta capela.
Mas olha que numa das paredes laterais encontra-se uma placa (http://aldeiadesantamargarida.blogspot.com/2006/12/em-1952-capela-de-santo-antnio-foi-alvo.html) com a data de recuperação da capela: 1952. Já não tenho é tanta certeza sobre se terá a data de construção.

Espero que estas explicações ajudem um pouco. Sendo que as históricas são mais seguras do que as outras, que é mera hipótese.

Um abraço
Sem imagem de perfil

De David Martins a 13.06.2008 às 13:33

"Avanço a possibilidade de o púlpito pertencer uma antiga capela ou ermida e, depois de destruída, ter sido recuperado e colocado nesta capela."
Concordo contigo nessa frase, pois quando tive a oportunidade de falar com o Eng. Fernando Patrício Curado falou-me da existência de três "agrupamentos" em redor da nossa aldeia que antes não existia, o das Sesmarias, o da Granja e o do Vale Mescavide. Muito provavelmente algum desses "agrupamentos" teria alguma capela/igreja e certamente esse púlpito veio de lá.
Outra coisa que não entendo muito bem é como é que um "objecto" em pedra, sempre sujeito a erosão, do ano de 1695, pode estar tão bem conservado? Está certo que há 56 anos está dentro da capela, mas antes disso? E os 257 anos antes de 1952? è muito tempo... ;)
Sem imagem de perfil

De David Martins a 13.06.2008 às 13:41

A capela de Santo António é o "guardador" das preciosidades, pois até há bem pouco tempo tem lá estado um painel do séc. XII (se não me engano) com um valor incalculável.
Sem imagem de perfil

De Helder Robalo a 13.06.2008 às 14:35

Meu caro David, o púlpito mantém-se conservado da mesma forma que o templo de Diana em Évora se manteve durante anos e anos a fio até aos dias de hoje (e foram bem mais de 257 anos): é pedra maciça ;)
Sem imagem de perfil

De David Martins a 13.06.2008 às 14:54

Temos os exemplo da placa com gravuras na Fonte da Cascalheira, que não está lá assim há tantos anos e já não se nota nada... trata-se de pedras graníticas cujas estruturas químicas e os minerais que as constituem não oferecem muita "resistência" à meteorização (processo anterior à erosão). Em 313 anos não dá para meteorizar e erodir uma pedra por completo, mas é suficiente para que as "pontas" se tornem mais arredondadas, ..., mas isso não se verifica, pois, como disse, ontem estive lá e uma coisa que nos salta à vista é a preservação dos pormenores, as arestas ainda "perfeitas",..., mas para contrariar esta perfeição toda, temos os números (1695) que não estão alinhados, mas sim um pouco "feitos à pressa".
Depois de tudo isto não custa muito pensar que talvez o púlpito tenha sido restaurado em 1952, o mesmo ano de restauro na capela.


Abraço
Sem imagem de perfil

De Helder Robalo a 13.06.2008 às 15:11

Serão pedras diferentes David, com toda a certeza!
Sem imagem de perfil

De David Martins a 13.06.2008 às 15:28

Seja granito ou outra, mas 313 anos é suficiente para que a pedra possa sofrer alguma meteorização... ali não se nota nada.

Comentar post



Mais sobre mim


Junta de Freguesia de Aldeia de Santa Margarida

http://www.jf-aldeiastamargarida.pt/

Hino de Aldeia de Santa Margarida


Calendário

Junho 2008

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Pesquisar

  Pesquisar no Blog





Números Úteis

Junta de Freguesia
277 313 545

Centro de Saúde
277 313 293

Paróquia
277 937 200

Liga dos Amigos de ASM
277 107 416
931 117 116 (João Camejo)

Centro de Dia de ASM
277 313 122

Associação de Caçadores de ASM
964 555 898 (José Francisco Prudente)

Grupo de Cantares de ASM
965 464 190 (Zélia Curto)
277 313 545 (Tlf. da Junta de Freguesia)

Os Tapori a Bombar - Grupo de Bombos de ASM
919 820 154 (Samuel Pereira)
964 148 017 (Ricardo Barroso)
ostaporiabombar@gmail.com

Pirotécnica Beirense
277 313 478
962 935 544

GNR de Idanha-a-Nova
277 202 128

Bombeiros de Idanha-a-Nova
277 202 456



Ver Estatísticas